Visualizando criatividade

Continuando no tema da criatividade, neste post vamos entender como que o chakra sacral controla essa qualidade tão inata e necessária para nossa felicidade nesse plano terreno.

Na filosofia do Tantra Yoga, o chakra sacral (swadhisthana em sânscrito) é responsável pela nossa feminilidade, e nossos órgãos genitais. É neste centro energético que nossa sexualidade se desenvolve quando estamos ainda dentro do útero de nossas mães.

O propósito da sexualidade é criar um novo ser, está diretamente relacionado com a nossa sobrevivência neste planeta como a espécie homo sapiens. Mas com essa "criatividade de procriar", também existe a criação de tudo o que fazemos, pensamos e sentimos. Este chakra tão terreno liga-se com nossa intuição para podermos conectar com a força maior e criar novos sistemas para evolução interior e da espécie.

As emoções associadas a este chakra quando não está equilibrado são: indiferença, estupor, indulgência, falta de auto-confiança, falta de piedade, e autodestrutividade. Mas quando estamos vibrando no nosso chakra sacral, conseguimos expressar nossa criatividade e sentir-nos confiantes em nossa própria pele. Para ativar este chakra tão especial que geralmente bloqueio nosso contato com a essência do amor, e impede que encontremos nosso parceiro ideal, é simples.

Mas lembre-se, quanto mais forte o poder da sua mente, mais eficiente esta técnica se transforma.

Praticamos esta técnica nas minhas aulas de Chakra Yoga: imagine uma lua crescente prateada pulsando entre sua pélvis (dois centímetros abaixo do umbigo), e cante o mantra "VAM".

Simples né? Venha aprender quais ásanas que auxiliam o equilíbrio e desenvolvimento saudável desta energia feminina passiva criativa no seu ser nas minhas aulas: inscreva-se abaixo.