Nutrição Ayurvédica na prática

Uma das profissões que mais admiro hoje, trabalhando com o Ayurveda são as Nutricionistas! Para o Ayurveda, a escolha mais importante que fazemos todos os dias é o que ingerir pela nossa alimentação! E como é difícil mudarmos a dieta de uma pessoa. Exige muito esforço, pois há o fator social, emocional, energético, espiritual, e ainda por cima, o fator bioquímico. A indústria alimentícia virou a indústria da droga: empresários pensam em como fazer seu alimento empacotado mais viciante o possível, para que as pessoas voltem ao mercado e comprem sempre o seu "alimento". 

Ayurveda trás uma nova (mas antiga) noção para o que significa um prato nutritivo. Há cinco mil anos atrás, não existia o conceito de proteína, carboidrato e lipídio. Nosso corpo se alimentava pelos sabores sentidos na língua, e os grandes mestres sabiam da importância das cores dentro da nossa dieta.

Tente prestar atenção nos sabores do alimentos que você normalmente come todos os dias, e classifique-os entre: doce, salgado, azedo, amargo, apimentado e adstringente. Existem sabores que são muito nítidos, mas a base da dieta ocidental inclui somente os sabores doce e salgado.

O sabor doce não é somente o brigadeiro e o bolo de cenoura, também inclui arroz, massa, pão e todo tipo de grão.

O sabor salgado inclui o sal (óbvio), carnes vermelha e branca, frutos do mar e algas marinhas. No Brasil, nossos antepassados foram muito sábios e incluiram o feijão como a base da nossa alimentação.

O feijão, e outras leguminosas, possuem sabores adstringente, e normalmente temperamos com cebola e alho. Cebola e alho possuem os sabores apimentado e são reconhecidos dentro do Ayurveda como purificadores do sangue (apesar de muitos yogis não comerem cebola e alho - eu inclusive; Ayurveda não possui nada contra).

O sabor azedo pode ser encontrado no iogurte, limão, vinagres, acetato balsâmico, kombucha e outros alimentos fermentados (tipo queijo).

O amargo você já deve saber, são as verduras e folhas verdes, como couve, agrião, rúcula, alface, café e cerveja. Ah, o vinho possui sabor adstringente…

Então a próxima refeição, observe se você está ingerindo os seis sabores.

No Ayurveda, quando você adquire uma prática diária de satisfazer a sua língua com os seis sabores, seu corpo sente-se saciado. Acredito que todos já tivemos a sensação de ir a um restaurante, comer um prato enorme de comida, e na hora de ir embora sentir vontade de comer um doce. Como se estivesse faltando algo na nossa nutrição... Isto acontece por que nosso corpo não sentiu-se saciado com os seis sabores.

Nutrição no Ayurveda acontece quando digerimos o alimento ingerido, preferencialmente alimentos que possuem mais prana (ou seja, estão mais perto do solo, da fonte de nutrientes chamado Mãe Terra). A digestão completa do alimento absorve nutrientes, e elimina todas as toxinas. Só assim nosso corpo pode funcionar em saúde perfeita! 

Claro que um acompanhamento nutricional é de extrema importância pois vivemos em um mundo totalmente industrializado e eu recomendo um acompanhamento com nutricionista (funcional de preferência). Mas a filosofia de desestressar a palavra dieta, e trazer o conhecimento do teu corpo, mente e espírito para auxiliar no lado emocional que induz ao excesso de alimentos não nutritivos e a famosa compulsão auto-sabotagem, é a chave que falta no mundo da nutrição hoje em dia! 

Fica a dica de uma receita maravilhosa para café da manhã que possui os seis sabores e muitas cores: tigela de aveia com especiarias.

Ingredientes:

  • 1 copo de leite vegetal (amêndoa, castanha de caju, aveia) | Azedo e Doce
  • 1/2 copo de aveia | Doce
  • 1 colher de mel |Doce e Adstringente
  • 1 pitada de sal marinho rosa | Salgado
  • 1 semente de cardamomo | Amargo e Apimentado
  • 1 pitada de Gengibre moído | Apimentado
  • 1 pitada de canela | Apimentado e Adstringente

Extras:

  • Pólen de Abelha (adstringente, doce, amargo e azedo)
  • Goji Berries (adstringente, doce, amargo e azedo)
  • Amêndoas raladas (adstringente, doce, azedo)
  • Côco ralado (doce, salgado e adstringente)
  • Semente de Chia (doce, amargo e adstringente)
  • Linhaça dourada (doce, salgado, adstringente e amargo)
  • Morango, Amora, Mirtilo e Framboesa (adstringente, azedo, amargo, doce)

Modo de preparo: Coloque o leite vegetal, aveia, sal marinho rosa, cardamomo, gengibre e canela em uma panela em fogo médio. Quando cozinhar a aveia, desliga o fogo e acrescenta o mel. Misture bem. Coloque no prato, e acrescente o que puder dos ingredientes da lista de extras. Enjoy.