Doshas e os Gunas: ayurveda e yoga

Dentro da filosofia do yoga, aprendemos que existem três qualidades, ou forças, na natureza. Estas forças estão sempre presentes em diferentes proporções dentro do corpo, da mente e do espírito: sattva, rajas, e tamas. 

Sattva é o princípio da harmonia, do equilíbrio, da ordem, da estabilidade, da claridade e da pureza. 

Rajas traz o dinamismo, a força energética, o poder de transformação. É a vibração elétrica que ativa o corpo, a mente e o espírito.

Tamas é inércia, pesado, negativo, letárgico e imóvel. Aqui, sombras e escuridão se expandem. 

Para conectar a filosofia do yoga e do ayurveda podemos observar como os gunas se manifestam no campo mental de cada dosha. 

VATA Sattvic se torna flexível, entusiasmado, positivo. Ele se adapta facilmente as mudanças ao seu redor. VATA Rajásico é ansioso, indeciso, medroso, nervoso, agitado, inquieto. VATA Tamásico se torna depressivo, perturbado, sente ataques do pânico, e é controlado por vícios. 

PITA Sattvic é independente, limpo, perceptivo, boa discriminação, e liderança. Rajásico se torna impulsivo, ambicioso, orgulhoso, agressivo, fazendo críticas excessivas. E na qualidade Tamásica o PITA se torna ofensivo, vingativo, destrutivo e moralmente equivocado. 

KAPHA Sattvic é pacífico, estável, receptivo, amoroso e traz nutrição emocional a todos ao seu redor. KAPHA Rajásico incorpora qualidades de apego, materialismo, egoísmo e possessividade. E Tamásico é representado pela lentidão, depressão, falta de alegria e vontade de realização. 

A filosofia yogi e ayurvédica trazem uma nova maneira de observarmos nossos padrões para entendermos melhor quem somos. 

A jornada do auto-conhecimento não acontece de um dia para o outro, mas cada nova informação vai nos guiando no caminho certo, e nos trazendo cada vez mais conexão e equilíbrio!

Namaste