Acalmando as flutuações da mente | Por Louise Luz

Porque a nossa mente fala mais alto?

A voz na nossa cabeça tem vida própria e a maioria das pessoas vivem possuídas pelo pensamento, pela mente (que mente). Por causa dessa identificação com a mente, uma falsa percepção do Eu passa a existir - o EGO. O ego não é apenas a mente não observada, a voz na cabeça que finge ser nós, mas também as emoções não observadas que geram as reações em nosso corpo e as identificações com os bens materiais.

O ego perturba continuamente o estado natural de bem estar do Ser, contando ao corpo histórias em que ele acredita e a qual reage imediatamente. Nos colocamos em situações recorrentes de stress e tensão, não porque fomos ameaçados por algum fator externo, mas sim pela nossa própria mente, que é na maioria das vezes nosso maior inimigo.

Se estivermos atentos a atividade mental, podemos perceber a presença do ego e dos pensamentos negativos. Cada pensamento pode ser comparado a uma pedra quando jogada no lago, as ondulações que se formam a partir dela são transmissíveis. É assim que se exemplifica o porquê de sempre atrairmos pessoas, situações e experiências que refletem nosso mesmo nível vibracional.

“Mens Sana in Corpore Sano”    Mente Sã, Corpo São

Emoções e pensamentos negativos são toxicos para o corpo e interferem no nosso equilíbrio e harmonia de vida. Medo, ansiedade, raiva, ressentimento, tristeza, rancor, ciúme, inveja - tudo isso perturba o fluxo de energia do corpo, afeta o coração, o sistema imunológico, a digestão, a produção de hormônios e assim por diante. A medicina tradicional já reconhece a ligação entre estados emocionais negativos e doenças físicas. Essas emoções e pensamentos negativos além de nos prejudicar contaminam as pessoas a nossa volta, os ambientes e o coletivo como um todo. Quando compreendemos que aquilo que reagimos nos outros esta também em nós, e algumas vezes apenas em nós, vamos nos tornando mais conscientes do nosso próprio ego. Paramos de nos ver como vítimas quando compreendemos que somos nós que estamos causando nosso próprio mal e portanto somos nós quem podemos acabar com ele.

Como ter mais controle sobre a mente?

Presença, foco e concentração

Nossa mente é agitada por natureza, chamada de “monkey mind” - mente macaco, aquela que pula de um galho para outro, de um pensamento para outro. Nos falta foco e presença para direcionar nossos pensamentos naquilo que realmente queremos atrair. Se não estivermos atentos e presentes podemos ser tomados por essa enxurrada de pensamentos negativos e contraditórios, apegos ao passado e ansiedades com o futuro que vão moldando nossas vidas.

Lembre-se de estar atento e nao fazer escolhas baseadas no medo. Quando estamos presentes com foco e concentração, conseguimos enxergar melhor as coisas como são.

Observe sua respiração

Agora é o único momento que existe, é tudo o que temos! Enquanto a mente tem milhares de diferentes direções, a respiração tem apenas 2  - inspirar e exalar - nos conectando de imediato com o momento presente. Focar nossa atenção na respiração é um prática de observação, foco e concentração que nos conecta com o presente e dá as ferramentas que a mente precisa para se manter calma e em paz. Se a sua respiração estiver tranquila e controlada, a mente também estará. O yoga é uma excelente prática para desenvolver o controle da respiração e acalmar as flutuações da mente.

O silêncio e a meditação  

Ficar em silêncio com você mesmo é essencial para viver em paz. Não importa a técnica ou o lugar, mas ficar em silêncio abre um canal para ouvir todas as respostas e esvaziar o excesso de pensamentos. Essa é uma grande conquista de bem estar consigo, com seus pensamentos, emoções e sensações. Precisamos criar espaços na mente para analisar, discernir, refletir e deixar de lado o que já não nos serve mais. Podemos estar em um lugar agitado e barulhento, mas se estivermos com qualidade de silêncio interior, não seremos tão afetados. O contrário também é válido, podemos estar em um paraíso na natureza, mas se nossa mente estiver agitada e barulhenta, não vamos poder contemplar e aproveitar o local.

A meditação é uma prática milenar que nos convida a observar a respiração e mergulhar no silêncio. É a prática que nos ensina a agir a partir do ponto médio, meditAÇÃO, ou seja, a partir da sabedoria do coração. Assim como os aparelhos eletrônicos precisam de um reset, nossa mente precisa desses espaços de silêncio e introspecção para se conectar com o coração.

Direcione sua mente para o que você quer atrair. Mantras e afirmações positivas podem ajudar a criar mais auto confiança. Você pode começar repetindo mentalmente algumas afirmações ao acordar, até que isso se torne natural na sua mente:

1. Hoje, aqui e agora aonde estou, eu escolho ser feliz.

2. Eu sou grato por tudo o que Sou e tenho.

3. Eu entrego, confio, aceito e agradeço.

4. Tudo em minha vida está em divina e perfeita ordem.

5. Hoje serei e farei o melhor que posso.

6. Eu escolho viver na abundância, e aceitar essa crença como a minha realidade.

7. Sou mais forte do que minhas desculpas.

8. Eu honro meu espírito e confio em minha intuição

9. Tudo o que estou procurando já está dentro de mim.

10. Eu mereço e quero receber

E que assim seja porque assim é!