O segredo das ervas ayurvédicas • por Sabrina Baby

É tão lindo aprender com nossos ancestrais e honrar a sabedoria presente nos ensinamentos dos nossos avós. O Ayurveda é quase isso: uma filosofia medicinal milenar, ensinada entre gerações e preservada pela tradição dos Vedas. 

Existem muitos segredos incríveis para a saúde e o equilíbrio entre corpo, mente e espírito dentro das lições ayurvédicas: hoje iremos falar sobre o poder das ervas ayurvédicas. 

Ervas ayurvédicas são ervas tradicionalmente cultivadas na Índia e descritas nos Vedas (livros antigos que traduzem a sabedoria da vida) como adaptogênicas. 

O que significa uma erva ser adaptogênica? As ervas adaptogênicas são aquelas que devido a sua constituição possuem a capacidade de modular sistemas no organismo através da combinação e presença de substâncias ativas com certas qualidades especiais e ausência de efeitos nocivos. Permitindo assim que o corpo funcione melhor, e dessa forma, esteja mais protegido de doenças e de problemas de saúde. 

As ações terapêuticas dos adaptogênicos compreendem o aumento da atenção e resistência à fadiga, além de reduzir os prejuízos e transtornos relacionados ao stress. Adaptógenos não são considerados estimulantes, mas sim moduladores da resposta, tanto da supra-renal, quanto do sistema nervoso autônomo – o que permite um aumento da resistência física e psíquica ao stress.

Em uma visão mais clínica os adaptógenos auxiliam o nosso organismo a se adaptar as situações de estresse emocional, fadiga mental, nervosismo, dificuldade de raciocínio e concentração, promovem o equilíbrio dos sistemas imunológico e endócrino, são tônicos psicofísico, além de apresentarem uma importante ação antioxidante ao combaterem radicais livres.

Parece incrível né? E é! Existem diferentes alimentos adaptógenos já bem reconhecidos na nossa sociedade hoje: goji berries, cúrcuma, gengibre, moringa, aloe vera, reishi, shiitake, clorella, spirulina, açaí e maca são alguns exemplos. 

Mas as ervas ayurvédicas são uma novidade, e seus benefícios são tão surpreendentes que induzem todos com conhecimento a experimentarem seus efeitos. 

Ashwagandha • auxiliar na diminuição do cortisol e equilibrar os hormônios tireoidianos, possui a capacidade de aumentar a resistência e contém propriedades extraordinárias para o alívio do estresse. 

Brahmi • seu nome científico é Bacopa Monniere, pertencente à família Scrophulariaceae. Esta planta é estimulante para todos os tipos de funções mentais. Acredita-se que é bom para a memória, para combater a doença de Alzheimer e melhorar as capacidades cognitivas em geral. Um verdadeiro tônico para o cérebro, também auxilia no sistema imunológico, nervoso e digestivo.

Guggulu • uma planta maravilhosa que auxilia na purificação do sangue, eliminação de toxinas, limpeza de colesterol e triglicerídeos no corpo, afrodisíaco (promove produção de espermatozóide nos homens), facilita movimento do intestino e limpeza do cólon. 

Shatavari • auxilia com regulação dos hormônios femininos, auxiliando na saúde do útero, e todos órgãos reprodutores, ajuda também com a amamentação, reduz a síndrome do intestino irritável, e aumenta imunidade no corpo.

Triphala • a mistura de três frutas indianas, Amalaki, Haritaki e Bibhitaki, a Triphala é muito conhecida no Ayurveda como uma medicina que cura tudo. Desintoxica seu corpo, auxilia na digestão e absorção de nutrientes, auxilia no equilíbrio da flora intestinal, reduz colesterol, pressão arterial e reduz o nível de estresse no corpo.